04 de setembro de 2019
POR: SES/SE
Fonte: SES/SE
Em: 04/09/2019 às 14h20

74 municípios sergipanos registraram notificações de Dengue, com confirmação em 67 deles


Secretaria de Estado da Saúde divulga novo cenário da Dengue em Sergipe.


Secretaria de Estado da Saúde divulga novo cenário da Dengue em Sergipe (Foto: SES/SE)

Secretaria de Estado da Saúde divulga novo cenário da Dengue em Sergipe (Foto: SES/SE)


Na manhã desta quarta-feira, 4, no auditório do Centro Administrativo da Saúde (CAS), a Diretoria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), concedeu, em coletiva de imprensa, informações acerca do cenário atual da Dengue no estado de Sergipe com a divulgação de novo informe epidemiológico que apresenta o número de casos, de óbitos, o coeficiente de incidência por habitante, além de dados referentes à vigilância laboratorial.


De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde da SES, Mércia Feitosa, 74 municípios registraram notificações de Dengue, com confirmação em 67 deles, o que corresponde a 91,6%. Apenas o município Santa Rosa de Lima ainda não notificou nenhum caso suspeito de. Atualmente, há 7.674 notificações, com 3.153 casos confirmados e 11 óbitos. A taxa de incidência por 100 mil habitantes é de 215,7 e as faixas etárias mais afetadas são crianças de 5 a 9 anos, com 692 casos confirmados, e de 10 a 14 anos, com 615 casos. Os municípios com mais casos confirmados são Aracaju, Nossa Senhora do Socorro e Lagarto com 921, 574 e 145 registros, respectivamente.


“É esperado que o número de casos confirmados aumente porque são casos que estavam em análise laboratorial e estão sendo liberados. Não são casos novos que chegaram e foram confirmados. Para diminuir esse número as ações vêm acontecendo e foram intensificadas, não só na capital, mas nos 75 municípios. Começamos a sinalizar, também, os resultados do trabalho da Brigada Itinerante, os locais em que ela atuou já registra uma redução do número, conforme nossa expectativa. Agora é contar para que a gente não entre em 2020 com uma onda de casos. A tendência mesmo é a redução desses números”, disse Mércia.


A confirmação de que os números vêm diminuindo pode ser vista nos registros da semana epidemiológica, conforme dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde, alimentado pelos municípios. A primeira semana de julho atingiu o pico com 708 casos notificados. Desde então, com a intensificação das ações, os números passaram a baixar e, hoje, há 420 casos notificados.


Brigada Itinerante
A Brigada Itinerante continua trabalhando e já atuou em 20 municípios. “Nesta semana está atuando nos municípios de Nossa Senhora das Dores e em Japoatã. Nos dias 9 e 10 de setembro estarão em Pedrinhas, no dia 11 em Pinhão, e em 12 e 13 irão para Cristinápolis. Então, na próxima semana a gente fecha 25 municípios, esperando o resultado no novo LIRAa para planejar onde nós iremos continuar atuando com a Brigada Itinerante. As ações têm que continuar, de forma efetiva e reflexiva, com a mobilização da comunidade”, concluiu a diretora.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação