08 de novembro de 2018
POR: Yago de Andrade
Fonte: Portal Infonet
Em: 08/11/2018 às 15h51

Sergipe possui mais de 100 pacientes com hemofilia


O estado de Sergipe possui mais de 100 pacientes com hemofilia. O distúrbio que impede a coagulação do sangue é um dos mais comuns, junto a anemia falciforme, talassemia e doença de Gaucher, conforme informações do gerente do setor de Transfusão e Ambulatório do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), Weber Santana Teles.


Workshop foi realizado nesta quinta (Foto: Portal Infonet)

Workshop foi realizado nesta quinta (Foto: Portal Infonet)


Segundo ele, cerca de metade desses pacientes residem na zona rural dos municípios sergipanos, possuindo faixas etárias diversas, que vão desde os 2 aos 30 anos. “Hoje nós temos o tratamento adequado para esses pacientes hemofílicos, mas antigamente a indústria farmacêutica não dispunha de medicamentos precisos, então alguns pacientes acabaram morrendo e outras tiveram grades sequelas”, explica.


Na manhã desta quinta-feira, 8, um workshop promovido pelo Hemose trouxe esclarecimentos sobre questões envolvendo o sangue, como doenças, tratamentos e processos de produção. De acordo com Weber, que coordenou o evento, o espaço foi aberto para estudantes, funcionários do Hemose, e demais membros da sociedade civil.


A atividade realizada no auditório do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) deu início à programação em comemoração ao Dia Nacional do Doador de Sangue, celebrado no dia 25 de novembro. “O workshop de hoje foi abrir alas para esse grande evento de nível nacional. O objetivo disso também é atrair mais candidatos a doação de sangue, tendo em vista que o nosso centro de sangue seja suprido e atenda melhor principalmente os pacientes do Sistema Único de Saúde”, afirma.


O workshop contou com a presença da palestrante Rita de Cássia Farrapeira, que explicou como funciona a gestão dos equipamentos ligados aos bancos de sangue. “A gestão quando bem realizada possibilita uma maior disponibilidade dos equipamentos, melhor utilização dos serviços e garantia da segurança dos processos em que esses equipamentos estão envolvidos, além de trazer uma redução de custos para a gestão”, declara.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco