Aracaju (SE), 30 de maio de 2020
POR: Prefeitura de Aracaju
Fonte: Prefeitura de Aracaju
Em: 06/03/2020 às 16h15
Pub.: 06 de março de 2020

Prefeitura orienta moradores do Bugio e do Médici sobre alta da maré


A Prefeitura de Aracaju atua de forma contínua para reduzir os impactos que possam ser provocados pela alta da maré, esperada no período de 8 a 12 de março. Alertar a população, para que não seja surpreendida, é uma das frentes desse trabalho. Por isso, nas áreas com probabilidade de alagamento, a Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), por meio da Defesa Civil, realiza uma campanha de orientação.


Prefeitura orienta moradores do Bugio e do Médici sobre alta da maré (Foto: Prefeitura de Aracaju)

Prefeitura orienta moradores do Bugio e do Médici sobre alta da maré (Foto: Prefeitura de Aracaju)


Nesta sexta-feira, 6, as equipes percorreram áreas que sofrem influência da maré no conjunto Médici e Bugio. Nesses locais, foram distribuídos panfletos com a indicação dos dias e horários que podem ser mais críticos, o que possibilita a adoção de medidas preventivas, as quais visam evitar transtornos e resguardar bens materiais.


A costureira Maria José foi uma das moradoras do Bugio que recebeu as orientações. "O trabalho da Defesa Civil de vir de porta em porta, explicando a situação e nos orientando é muito bom para ficarmos em alerta quanto à alta de maré", considerou.


Professora, Elisângela dos Santos afirma  que a alta da maré gera preocupação para a comunidade, por isso ter acesso às informações com antecedência ajuda bastante. "É a primeira vez que vejo essa campanha acontecer. Uma iniciativa muito boa para que possamos nos prevenir", reconheceu.


A moradora do conjunto Médici, Núbia Dantas, destaca a satisfação de receber as informações. "Essa ação é muito boa. É uma situação da natureza, não podemos impedir. A gente precisa estar preparada", disse a dona de casa.


Odeli Vasconcelos é moradora do conjunto Médici há 35 anos. Ela presenciou, ao longo desse tempo, três ocasiões em que houve transtornos provocados pela maré alta. "Antes não sabíamos. Fomos tomados de surpresa. Agora, com essa orientação, vamos adotar medidas, porque se a água entrar, nós fazemos algo para nos livrar da situação, para não ter móveis perdidos e evitar o contato com a água. Podemos já providenciar tapumes para a entrada da casa", avaliou a aposentada.


O secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida, reforça que a Prefeitura vem executando uma série de medidas para desobstrução do sistema de drenagem e limpeza dos canais, de maneira que haja fluidez no escoamento das águas pluviais.


"Realizamos o mapeamento das áreas que possuem canais com influência da maré e, especialmente nessas localidades, a Prefeitura intensifica ações de limpeza de bueiros e canais, através da Emurb e Emsurb para ampliar a capacidade de absorção das águas por esse sistema de drenagem", pontuou.


As equipes da Prefeitura permanecem em alerta para atender as demandas que possam surgir. "Estaremos 24h por dia, desde o final de semana, atentos para atender qualquer ocorrência", finalizou.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação