Aracaju (SE), 03 de julho de 2020
POR: Prefeitura de Aracaju
Fonte: Prefeitura de Aracaju
Em: 06/02/2020 às 09h24
Pub.: 06 de fevereiro de 2020

Ações preventivas da Prefeitura evitam transbordamento de canais na capital


O trabalho contínuo desenvolvido pela Prefeitura de Aracaju garantiu que os canais da cidade, nesta quinta-feira, 6, não transbordassem, apesar de a capital ter recebido um volume pluviométrico muito acima do esperado, de 60mm em menos de 3 horas, concentrado na região central.


Avenida Airton Teles (Foto: Semdec/ Prefeitura de Aracaju)

Avenida Airton Teles (Foto: Semdec/ Prefeitura de Aracaju)


Devido às chuvas desta manhã, equipes da Secretaria Municipal da Defesa Social e Cidadania (Semdec), por meio da Defesa Civil de Aracaju, Superintendência Municipal do Transporte e Trânsito (SMTT), Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) e Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), realizam, ao longo do dia, ações efetivas com atenção voltada aos contratempos vivenciados pela população.


A previsão do tempo aponta chuvas apenas durante o período da manhã, mas o alerta está mantido para todo o mês de fevereiro, para chuvas matutinas localizadas e intensas, um adiantamento das chuvas que ocorrem tradicionalmente em março.


De acordo com o secretário municipal da Defesa Social e da Cidadania, Luis Fernando Almeida, as ações preventivas realizadas pela Prefeitura ao longo de todo o ano, como a cotidiana limpeza dos canais e desobstrução da rede de drenagem, mais uma vez, fizeram toda a diferença.


“No decorrer do acentuado volume de chuvas, nenhum canal transbordou. No caso específico da avenida Airton Teles, o alagamento da avenida acabou sobrecarregando o escoamento da via e invadindo a área do canal. Não é uma questão de falta de trabalho preventivo. Em qualquer lugar do mundo que tenha um volume de 60mm em 3 horas, irá haver alagamento. O volume foi muito alto para um curto espaço de tempo”, garante.


Durante a madrugada, equipes da Defesa Civil Municipal monitoraram áreas de risco da cidade. Até o momento, apenas uma queda de árvore foi registrada. Houve apenas um chamado da população, através do telefone fixo da Defesa (3214-1745), de uma família que se encontrava ilhada, sem conseguir sair de casa, no bairro Lamarão.


Já por meio do telefone de emergência, 199, nenhum chamado foi registrado. Durante todo o dia, o monitoramento segue, principalmente, nos bairros Porto Dantas, Cidade Nova, América (região da encosta) e Jabotiana.


Os agentes de trânsito da SMTT auxiliam o tráfego nas principais vias da cidade, como os cruzamentos das avenidas João Ribeiro com Simeão Sobral, Pedro Paes Azevedo com Francisco Porto, mas nenhum semáforo apresentou problemas.


Já as equipes da Emurb estão focadas na desobstrução e limpeza emergencial de bocas de lobo e bueiros, distribuídas entre as avenidas Maranhão, Coelho e Campos, Francisco Porto, Beira Mar, e ruas Acre, no Siqueira Campos, e Antônio Alves Aragão, Jabotiana. Os serviços da empresa municipal serão intensificados tão logo as chuvas cessem na cidade. Todas as obras de infraestrutura, incluindo as obras do corredores de transporte, estão paradas aguardando o fim das chuvas.


A Emsurb mantém em campo quatro equipes fazendo poda e monitorando as árvores, cerca de 40 profissionais para limpeza manual de canais, duas equipes de limpeza por barragem e quatro equipes  para limpeza mecanizada.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação