Aracaju (SE), 03 de junho de 2020
POR: SSP/SE
Fonte: SSP/SE
Em: 28/04/2020 às 15h45
Pub.: 29 de abril de 2020

Polícia Civil arrecada 9 toneladas de alimentos para distribuir a famílias e instituições


A campanha completou 30 dias e segue arrecadando mantimentos.


Polícia Civil arrecada 9 toneladas de alimentos para distribuir a famílias e instituições (Foto: SSP/SE)

Polícia Civil arrecada 9 toneladas de alimentos para distribuir a famílias e instituições (Foto: SSP/SE)


A Polícia Civil totalizou mais de nove toneladas de alimentos arrecadados e entregues para 230 instituições de caridade e pessoas que tiveram redução na renda em decorrência do isolamento social de combate ao Coronavírus. Ao todo, foram 960 cestas básicas distribuídas pela campanha de doação de alimentos e itens de limpeza, que completou um mês nessa segunda-feira, 27. As instituições beneficiadas nesta terça-feira, 28, foram Casa de Oração, Lar Bom Samaritano, Sindicato dos Cabeleireiros e Similares Autônomos (Sindcab) e Lar de Idosos Nossa Senhora da Conceição (SAME).


O presidente do SAME, Antônio Costa, destacou que a instituição, fundada em 12 de agosto de 1949, atende 60 idosos e que precisa de doações para continuar o acolhimento deles. “São mais de 70 anos de fundação e de serviços prestados a nossa comunidade de Aracaju. A sobrevivência do SAME depende da generosidade do nosso povo. Temos um quadro de sócios contribuintes, pessoas que se associam e mensalmente contribuem com um valor que cada um pode. Mas há também a possibilidade de ajudar a instituição trazendo cestas básicas, gêneros alimentícios, produtos de higiene e de limpeza”, citou.


Ele agradeceu o empenho da instituição na arrecadação e doação de mantimentos. “Queremos agradecer a este gesto concreto de solidariedade promovido pela PC, que muito contribuirá para a qualidade de vida dos idosos aqui residentes. Nossos sinceros agradecimentos”.


O voluntário da Associação Bom Samaritano, Alberto Santana, explicou o funcionamento do local e citou quem são as pessoas atendidas. “Aqui é um abrigo. Temos hoje oito pessoas que moram na casa. Mas a casa não presta somente esse serviço de abrigo, ela tem um trabalho de prevenção às DST-AIDS. Temos uma média de 140 a 200 pessoas que damos assistência na capital e no interior. Nossa maior falta é de voluntários, a casa funciona de segunda à sexta-feira, de 8h às 12h e das 14h às 18h. Estamos na avenida Maranhão, 1042. Venha para nos ajudar. Precisamos de carinho, de alimento, de material de higiene e de limpeza”, detalhou.


A delegada Nalile Castro, coordenadora operacional das delegacias da Capital, salientou a importância da campanha. “Faz 30 dias que a PC vem fazendo a campanha solidária de arrecadação de alimentos. Distribuímos hoje cem cestas básicas para cinco instituições. A Polícia Civil figura como um elo entre você que deseja doar e quem precisa receber nesse momento de pandemia”, frisou.
 
Em decorrência do isolamento social, as pessoas que preferirem fazer doações diretamente ao SAME, em dinheiro, podem fazê-la pelo Banco do Brasil (Ag. 1224-6 C/C 4786-4), Banese (Ag. 028 C/C 03100198-0) e Caixa (Ag. 2382 C/C 03000232-0). A Polícia Civil segue recebendo doações na sede da Delegacia-Geral, que fica localizada a rua Duque de Caxias, s/n, no bairro São José, próxima à praça Tobias Barreto.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação