27 de maio de 2019
POR: Ferreira Filho
Fonte: Ferreira Filho
Em: 27/05/2019 às 19h25

A viúva Jenifer



Terça-feira, 28 de maio de 2019


Gabriel Diniz e Mariana Xavier - Foto: reprodução/Instagram/Mariana Xavier

Gabriel Diniz e Mariana Xavier - Foto: reprodução/Instagram/Mariana Xavier

A viúva Jenifer


A semana começou com uma notícia muito triste para os fãs do cantor Gabriel Diniz, que perdeu sua vida numa queda de aeronave que lhe transportava para a cidade de Maceió, onde comemoraria o aniversário de sua noiva com toda família.


Junto com o cantor na aeronave estavam dois pilotos, também falecidos, que pelos relatos, ofereceram uma carona para o artista que estava no estado da Bahia, onde fizera seu último show na cidade de Feira de Santana. O acidente ocorreu por volta do meio dia desta segunda-feira, 27, no povoado Porto do Mato, município de Estância, estado de Sergipe.


A notícia logo ganhou as redes sociais, até que chega a confirmação: era mesmo Gabriel Diniz. Uma grande comoção entre todos que se manifestaram, afinal, com apenas 28 anos, estava no pico de sua carreira, numa trajetória muito curta depois de consolidado um ídolo para milhares de pessoas que curtiam suas músicas, independente de idade.


Quantos sonhos estavam nos seus planos? Muitos, com certeza. Ele não sabia do Plano de Deus na vida dele. Ninguém sabe. É a hora do Divino. Vem de todas as formas. Até mesmo um "espirro" pode ser fatal. E na maioria esmagadora das vezes nos perguntamos: Por quê? Essa resposta também ninguém sabe, só ELE.


Ontem foi Gabriel Diniz no ápice do sucesso que caiu de bico para a vida eterna, e cada um com o seu tempo programado no relógio do PAI. Há quem não creia, eu sei, mas, prefiro acreditar que ELE é o gerente do Universo, e como tal, é o senhor de todas as coisas.


A "Jenifer" findou viúva de quem lhe encontrou no "Tinder", mas certamente, pela história de luta e garra do cantor Gabriel Diniz existe um paraíso iluminado lhe aguardando, pois lá é o caminho infinito dos que aqui foram justos.
Vá em paz! Sua hora chegou!



Areia Branca
A prefeitura de Areia Branca emitiu comunicado informando que os festejos juninos estão mantidos, mas em respeito a situação o cantor Gabriel Diniz não será substituído. O músico iria se apresentar no próximo sábado, 1º, na abertura do São João de Pé no Chão 2019.



Tentativa de suborno
O advogado José Renato Alves Júnior, que foi preso nesta segunda-feira, 27, após tentativa de suborno ao diretor do Complexo Penitenciário Dr. Manoel Carvalho Neto (Compecan), em São Cristóvão, passou por audiência de custódia e teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva. Na decisão, a juíza Laís Mendonça Câmara Alves destacou a presença da materialidade e de indícios de autoria do crime, pois foi encontrado em poder do advogado, o meio empregado para a prática do crime (papel com a caligrafia do autor e a suposta oferta de vantagem indevida ao diretor do presídio para beneficiar um dos detentos que estão sob sua custódia). A juíza ressaltou também que o crime é grave e que se o advogado for posto em liberdade, a ordem pública estará ameaçada.



Praia da Caueira
Na próxima sexta-feira, 31, às 9h, a Assembleia Legislativa promove a audiência pública “Caueira: obstáculos e desafios ao desenvolvimento” para discutir a situação das casas localizadas na Praia Caueira, em Itaporanga D’ Ajuda. A propositura é de autoria do deputado estadual Luciano Pimentel que acompanha de perto a questão desde a publicação da decisão judicial proibindo novas construções e determinando a paralisação de obras na região.



Transporte escolar
O prefeito em exercício, Josenito Vitale (Nitinho), sancionou, na manhã desta segunda-feira, 27, alteração no artigo 17 da Lei nº 4.828, de 19 de agosto de 2016, que trata sobre prazos de vistoria e tempo de funcionalidade dos veículos do transporte escolar de Aracaju. A solenidade ocorreu junto a representantes da Associação dos Transportadores Escolares do Estado de Sergipe (Astraspe).


Transporte escolar II
A partir da data da sanção, a vistoria será realizada a cada dois anos para veículos com até cinco anos de fabricação; um ano e seis meses para veículos com até dez anos de fabricação; e um ano para veículos com até 15 anos de fabricação. Além desses itens, a lei determina a proibição do serviço do transporte escolar por veículos com mais de 15 anos de fabricação e, independente dos pontos anteriores da mesma, ressalta que, os veículos poderão ser submetidos a novas vistorias, sem aviso prévio, a critério da SMTT, a qualquer tempo, sem que haja cobrança antes do prazo previsto.



Gabriel Diniz e Mariana Xavier - Foto: reprodução/Instagram/Mariana Xavier
Contato: ferreirappa@gmail.com/Zap: 79 9 9987 2966
Mais Colunas

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco