04 de março de 2017
POR: Na nota
Fonte: Na nota
Em: 04/03/2017 às 20h44

Cavo informa que está à disposição para manter os serviços


04/03/2017: Confira mais CLICK's da coluna do ClickSergipe




Cavo informa que está à disposição para manter os serviços


A Cavo informa que, embora seu contrato termine neste domingo, está à disposição para manter os serviços, evitando a interrupção, até que seja equacionada a nova contratação. Com isso, a empresa reafirma o compromisso com a população de Aracaju e o interesse em manter atividades na cidade.


Paula Oliveira - Cavo/Estre - sáb 04/03/2017 23:53



"Não insistam. Não sejam ridículos", diz Almeida Lima


"Não preciso agarrar na cruz e viver negando que não serei candidato a nada.
Já afirmei isso. Quanto a isso, deixem-me em paz.
Quanto a fazer da secretaria da saúde instrumento de campanha, a mesma coisa: esqueçam.
Não insistam. Não sejam ridículos.
E o Breno, meu genro, não é candidato.
E a minha netinha, Helena, agradece."


Por Almeida Lima, no grupo "Café com Política" em 04/03/2017 às 19:39



Temer confirmou Jucá na liderança do governo do Senado. E Moura será o líder do governo no Congresso. Confira matéria completa AQUI



David Haye e Tony Bellew farão "combate de ódio" no boxe pela categoria dos pesos-pesados


Ambos pugilistas já tiveram problemas no passado durante encarada em novembro e agora querem um nocautear o outro para provar quem é o melhor boxeador britânico. Confira matéria completa AQUI



Trabalhadores do Comércio de Tobias Barreto fecham Convenção Coletiva de 2017; piso salarial no valor de R$ 1.013,00
 
Os trabalhadores do comércio de Tobias Barreto fecharam a Convenção Coletiva de Trabalho de 2017. A luta da FECOMSE (Federação dos Empregados no Comércio e Serviços de Sergipe) e do Sindicato dos Empregados no Comércio de Aracaju e suas Abrangências Intermunicipais do Estado de Sergipe (Sindicato dos Comerciários) garantiu o piso salarial no valor de R$ 1.013,00, retroativo a partir de 1º de janeiro.
 
Houve também a manutenção das conquistas da categoria, como adicional de quebra de caixa, produtividade, triênio, reajuste salarial e outras cláusulas sociais.  
 
O presidente da FECOMSE, Ronildo Almeida, avalia que houve conquistas para os comerciários de Tobias Barreto e que os avanços só ocorreram a partir da mobilização e organização dos trabalhadores.
 
Direitos - “Neste ano, diante da tentativa do governo e dos patrões de tirar cada vez mais o direto dos trabalhadores, é fundamental que os companheiros e companheiras se somem ao sindicato e se mobilizem para que se possa ter conquistas, barrar a retirar de direitos e conquistar uma vida digna e decente para todos”, avalia o dirigente.    
 
Para Ronildo Almeida, é necessário que a classe empresarial entenda a importância dos comerciários para o desenvolvimento da empresa e o crescimento da economia. “E não exija mais sacrifícios dos trabalhadores em nome desta crise fabricada”, argumenta o presidente da FECOMSE, que vem travando uma importante luta pela manutenção dos direitos e conquistas da classe trabalhadora, não só no Estado de Sergipe, mas em todo o país.


Tereza Andrade - sáb 04/03/2017 10:20



 

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco