12 de junho de 2019
POR: Fábio Viana
Fonte: Fábio Viana
Em: 12/06/2019 às 14h42

Almeida Lima é convidado para ser candidato a prefeito de Aracaju pelo Partido Verde


Cláudia Rodrigues membro da Executiva Estadual (PV), ex-senador Almeida Lima e Reynaldo Nunes, presidente Estadual do Partido Verde - Foto: Fábio Viana

Cláudia Rodrigues membro da Executiva Estadual (PV), ex-senador Almeida Lima e Reynaldo Nunes, presidente Estadual do Partido Verde - Foto: Fábio Viana



Na manhã desta quarta-feira, 12, Reynaldo Nunes, presidente Estadual do Partido Verde – PV; Cláudia Rodrigues e Rodrigo Paixão, membros da Executiva Estadual, estiveram reunidos com o ex-senador Almeida Lima. Na oportunidade, os membros do PV de Sergipe fizeram convite para que o ex-parlamentar se filiasse ao partido.


Este foi o quarto encontro que a cúpula do PV sergipana teve com o ex-senador ao longo dos últimos 30 dias, período em que discutiram o momento político brasileiro, de Aracaju e de Sergipe, mas, também, o posicionamento político do PV frente a esses governos, já que o partido mantém posição de independência nas três esferas. De pronto, o ex-senador Almeida Lima aceitou o convite.


Segundo Reynaldo Nunes, o PV entende que o ex-prefeito Almeida Lima é um bom quadro politico e uma importante filiação ao Partido Verde. “Almeida compreendeu as diretrizes do Partido Verde. Ele chega neste momento para se somar aos companheiros Verdes na perspectiva de ser uma alternativa apresentada pelo PV de candidatura a prefeito de Aracaju em 2020”, afirmou.


Já Almeida Lima afirmou estar feliz em se filiar ao PV, ressaltando a sua identidade ideológica e os princípios políticos com o partido. “O PV é uma sigla moderna no mundo inteiro, sobretudo na Europa onde cresce por conta de sua ação em defesa da natureza, do meio ambiente, do desenvolvimento econômico e social sustentáveis. E aqui no Brasil, Aracaju e Sergipe não é diferente, o PV tem um papel importante a desempenhar diante das políticas ambientais de atraso desses governos”, disse.


Almeida Lima reforçou que chega ao PV para se somar aos filiados que já lutam há muitos anos no partidos. “Que fique claro que não estou pleiteando nenhuma posição de direção ou comando partidário. Chego como um soldado verde para sentar praça. Ou seja, venho fazer parte, quero ser aceito e trabalhar ao lado dos novos companheiros de partido por uma Aracaju melhor”, garantiu.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco