04 de abril de 2019
POR: Andrea Lima
Fonte: Assessoria Emília Corrêa
Em: 03/04/2019 às 00h00

"Aracajuanos pagam R$ 4,00 para andar em sucatas", afirma Emília Corrêa


"Aracajuanos pagam R$ 4,00 para andar em sucatas", afirma Emília Corrêa (Foto: Gilton Rosas)

"Aracajuanos pagam R$ 4,00 para andar em sucatas", afirma Emília Corrêa (Foto: Gilton Rosas)

Inconformada com o valor abusivo de R$ 4,00 cobrado pelas empresas que comandam o sistema de transporte coletivo na Capital, em sua fala nesta manhã, na Tribuna da Câmara Municipal (CMA) a vereadora Emília Corrêa (Patriota) criticou situação dos ônibus que circulam na Grande Aracaju.


Segundo Emília Corrêa, os usuários sofrem diariamente com o descaso, e o valor pago pela passagem não condiz com a qualidade do serviço ofertado pelas empresas. “Como se não bastasse à falta de segurança, superlotação, atrasos, as pessoas que dependem dessa alternativa como meio de locomoção ainda sofrem com o estado deplorável dos veículos: verdadeiras sucatas”, declarou.


Ainda de acordo com a vereadora, além dos ônibus em péssimo estado de conservação, os terminais de integração também foram “esquecidos” pelo Poder Executivo. “Todo ano ocorre o aumento da tarifa com a promessa que isso vai ser revertido em melhorias. Aliás, nem acesso a essas planilhas nós, parlamentares, temos mais o direito. Enquanto isso, as estruturas dos terminais estão de mal a pior: bancos quebrados, goteiras por toda parte, banheiros sujos, e, quando algum parlamentar cria algum Projeto de Lei (PL) que visa algum benefício nesse sentido para população, é vetado. Vetar, por sinal, tem sido uma das atividades frequentes dessa gestão e o povo é quem paga a conta mais cara”, finalizou.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação