15 de março de 2019
POR: Assessoria Zezinho Sobral
Fonte: Assessoria Zezinho Sobral
Em: 14/03/2019 às 00h00

BR 101: Zezinho Sobral diz que atraso nas obras é um calo e desrespeito aos sergipanos


Nesta quinta-feira, 14, a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) aprovou o Requerimento  de autoria do deputado estadual Zezinho Sobral (Pode) para a criação de uma Comissão Temporária de Representação Externa para acompanhar in loco as obras da BR 101 nos trechos do Estado de Sergipe. O deputado anunciou que cobrou ao Governo Federal, através do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a conclusão da duplicação que já dura mais de dez anos.


BR 101: Zezinho Sobral diz que atraso nas obras é um calo e desrespeito aos sergipanos (Foto: Assessoria Zezinho Sobral)

BR 101: Zezinho Sobral diz que atraso nas obras é um calo e desrespeito aos sergipanos (Foto: Assessoria Zezinho Sobral)


O deputado gravou um vídeo do trajeto que fez no sentido Norte, de Aracaju até a cidade de Propriá, registrando todos os problemas que encontrou nas estradas.  “A rodovia deveria estar pronta há anos. Saindo da capital até Pedra Branca, entrada de Laranjeiras, a pista é dupla. Ao chegar à ponte, é possível ver que não foi feita a cabeceira. A estrada continua duplicada e, na sequência, o trânsito volta a ser pista única. O pavimento de Pedra Branca até Maruim está pronto. O trevo está concluído, mas os veículos continuam em faixa única pela esquerda. Percebemos que, de Aracaju até Propriá, são 13 pontes concluídas, as cabeceiras não são feitas e os motoristas correm graves riscos”, reivindicou Zezinho Sobral.


O trecho da BR 101 em solo sergipano corta 206 quilômetros, sendo que, de acordo com o DNIT, 104 quilômetros compõem a duplicação que está inacabada.


“Na ponte do Rio Jenipapo, um pouco depois da entrada de Carmópolis, a pista segue com uma única faixa. Além disso, falta sinalização e a vegetação está invadindo essas pontes. Se fizerem as cabeceiras, o trecho estará concluído. São raros os trechos com obras ainda tímidas, sem placa identificando o início e o término. Em Propriá, a ponte está pronta, uma obra de arte, mas falta a interligação. Não dá para aguardar mais. São muitos percalços. Sergipe precisa de respeito. Esse atraso é um calo que Sergipe sofre”, lamentou o parlamentar.


O deputado explicou que apresentou o Requerimento pensando, especialmente, na segurança de condutores, pedestres e turistas que trafegam pela BR 101. “Essa Comissão tem como foco acompanhar, fiscalizar, cobrar e buscar melhorias para finalizar as obras de duplicação. Após essa aprovação, o próximo passo é irmos até Brasília conversar com o general Antônio Leite dos Santos Filho, diretor geral do Dnit, para tratar dos assuntos referentes à celeridade desta obra. Faço um apelo à classe política. A luta pela conclusão da BR 101 independe de partido político. É de todos nós. O Governo Federal e o Dnit têm a responsabilidade de concluir o mais rápido possível”, afirmou.


Visita ao Dnit
Iniciando o diálogo com a esfera federal, Zezinho Sobral esteve na sede do Dnit em Sergipe, acompanhado pelo presidente da Alese, Luciano Bispo, para dialogar com o superintendente interino Gustavo de Felippo e buscar alternativas. O encontro aconteceu na última terça-feira, 12. O Dnit é o órgão que administra as estradas federais em Sergipe.


 “Foi uma reunião muito positiva. O superintendente mostrou sensibilidade com a causa e comprometeu-se a acompanhar a comissão e fortalecer o nosso diálogo diante dos empreendimentos de infraestrutura rodoviária Federal em Sergipe”, ressaltou Zezinho Sobral.


Vídeo
Assista ao vídeo do percurso feito pelo Deputado Zezinho Sobral que constatou os perigos causados pelo atraso das obras da BR 101, sentido norte:

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação