18 de Maio de 2017
POR: Andréa Oliveira
Fonte: Assessoria Moritos Matos
Em: 18/05/2017 às 00h00

Deputado Moritos Matos afirma a Almeida Lima que a Maternidade de Capela é viável


A luta do deputado Moritos Matos (PROS) é pela manutenção da Maternidade de Capela. Por isso, ele esteve nesta quinta-feira, 18, com o secretário Estadual de Saúde, Almeida Lima. O parlamentar afirmou a Almeida Lima que Maternidade tem sim potencial para permanecer aberta e que há alternativas para diminuir os custos da Unidade. “Falei com Almeida que o Governo precisa escutar os funcionários para saber a realidade da Unidade que atende as mulheres de Capela e das 18 cidades vizinhas do Vale do Contiguiba. A maternidade fica localizada em um ponto estratégico para a política de saúde do Estado. Fechar a unidade não vai diminuir custos, vai aumentar”, enfatiza o deputado Moritos Matos.


Deputado Moritos Matos afirma a Almeida Lima que a Maternidade de Capela é viável (Foto: Andréa Oliveira/Assessoria Moritos Matos)

Deputado Moritos Matos afirma a Almeida Lima que a Maternidade de Capela é viável (Foto: Andréa Oliveira/Assessoria Moritos Matos)


Também participaram da reunião que aconteceu na sede da Secretária de Estado da Saúde – SES - o médico obstetra, doutor Marcelo Meneses e o representante dos laboratórios de Capela, Jânio Leite. Esse encontro com Almeida Lima foi agendada na última segunda-feira, 15, pelo vice-governador Belivaldo Chagas.


De acordo com o médico obstetra Marcelo Meneses, desde que a Fundação Hospitalar de Saúde – FHC – assumiu a maternidade houve um déficit de médicos.“Antes éramos 14 obstetras, hoje somos apenas quatro. Existe demanda e ela poderia ter seu atendimento ampliado o que diminuiria o número de pacientes da Maternidade Santa Isabel e da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, que foi construída para realizar em média 250 partos, mas que faz o dobro disso”, expõe o médico. Ele acrescente que Capela poderia fazer outros procedimentos cirúrgicos como vasectomia e ligamento de trompas. “A Maternidade tem estrutura para isso. Tem como agregar serviços sem aumentar custos”, afirma doutor Marcelo.


Segundo Almeida Lima, um levantamento sobre a situação das Maternidades estão sendo feitas. “Estamos fazendo um levantamento da situação da saúde e nada será feito antes disso. Visitei a Maternidade de Socorro e vou visitar a de Propriá e a de Capela também. No momento não tem nada definido sobre o fechamento da Maternidade de Capela, exatamente porque a gente precisa ter um levantamento completo. A Maternidade faz parte de uma rede”, argumenta Almeida Lima. 


A comissão que participou da reunião e o deputado Moritos Matos sairam satisfeito dessa conversa. “Sei que o desejo de Almeida é de melhorar o sistema de Saúde do Estado e diminuir os custos. O secretário disse durante a reunião que não há data para o fechamento da Maternidade e que foi bom a comissão ter ido até ele para mostrar a realidade da Unidade. E que tudo que foi mencionado será levado em consideração. E mais, que qualquer decisão não será tomada sem que todos os envolvidos sejam ouvidos”, ressalta o parlamentar.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco