17 de Fevereiro de 2017
POR: Edjane Oliveira
Fonte: Assessoria João Daniel
Em: 16/02/2017 às 00h00

João Daniel defende mais investimentos na Deso e não sua privatização


Em um discurso firme na tribuna da Câmara, na sessão desta quinta-feira, dia 16, o deputado João Daniel (PT/SE) defendeu que a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), continue sendo uma estatal, patrimônio dos sergipanos. Ele lamentou que o governo federal esteja impondo aos Estados, em troca da renegociação das dívidas, a privatização de suas empresas. A Deso é uma das empresas fornecedoras de água e saneamento que estão no edital do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para uma possível privatização.


Na avaliação do deputado essa é uma questão muito séria e precisa ser amplamente discutida com os funcionários e com a população, dada a importância de se manter uma empresa como a Deso estatal. Ele citou como exemplo a medida tomada, na última semana, pelo governador Jackson Barreto, que anunciou que todos os municípios sergipanos que estiverem em estado de emergência não pagarão a água da Deso quer for transportada por caminhões para as comunidades e as populações que estivem sem água.


“Isso demostra o quanto é importante uma empresa como a Deso ser estatal, uma empresa mista em que o governo é o acionista e é patrimônio do povo sergipano. Tratar a água e o saneamento como negócio não é o que está ocorrendo no mundo inteiro”, disse, afirmando que a grande maioria dos países que privatizaram os serviços de água e de saneamento reestatizou porque se trata de função social, trata-se de questões estratégicas, saúde pública. “Nós não podemos discutir saúde pública sem debater a qualidade da água e sem discutir um grande projeto de saneamento dos Estados e do país”, completou.


Para ele, é um crime o que o governo federal impõe aos Estados, que privatizem uma empresa de desenvolvimento que leva água e saneamento à população. “Há obras em todos os municípios do Estado de Sergipe, com exceção daqueles que têm o seu sistema próprio, como é o caso das cidades históricas de São Cristóvão, Estância e Capela”. João Daniel acrescentou que tem certeza que o governador Jackson Barreto, por sua história, luta e compromisso, irá debater com a sociedade sergipana e com as forças progressistas para que não se permita esse crime contra a população, se essa empresa for privatizada.


Investimentos


Segundo o deputado petista, existem algumas críticas à empresa e alguns problemas de abastecimento. No entanto, ele ressaltou que tudo isso se resolve com investimento, com capacidade de gestão para que a empresa possa funcionar e atender a população a contento. “O que o BNDES deveria fazer é o que fez durante os governos Lula e Dilma, com investimentos em infraestrutura, através do programa Sergipe Cidades, À época, com 500 milhões em infraestrutura. Agora, o BNDES serve para pressionar, para que seja privatizada a Deso, para financiar as empresas privadas, para levar a maior riqueza de um povo, que é a água, o saneamento, a vida da nossa população”, lamentou.


Em seu discurso, o deputado parabenizou a mobilização contra a privatização que vem sendo feito pelo Sindisan e em nome do seu presidente, Sérgio Passos, saudou todos os trabalhadores e os que têm se somado a essa luta. João Daniel registrou também a realização de audiência pública realizada na tarde desta quinta-feira, na Assembleia Legislativa de Sergipe, para trata justamente dessa questão, uma iniciativa da deputada estadual Ana Lúcia (PT) e o vereador Iran Barbosa (PT).

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco