07 de fevereiro de 2019
POR: Diário do Poder
Fonte: Diário do Poder
Em: 07/02/2019 às 00h00
Atualizada: 07/02/2019 às 00h15

Surpresa: Direitos Humanos agora se preocupa mais com as vítimas


Damares manda equipe para visitar vítimas de João de Deus e surpreende delegado, que estava acostumado com equipes visitando presos (Foto: Valter Campanato/ Arquivo Agência Brasil)

Damares manda equipe para visitar vítimas de João de Deus e surpreende delegado, que estava acostumado com equipes visitando presos (Foto: Valter Campanato/ Arquivo Agência Brasil)

A ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) enviou equipe a Abadiânia (GO), cidade do médium João de Deus, para saber como está o acompanhamento às pessoas que o denunciaram por abuso sexual. Isso surpreendeu Rodrigo Luiz Jayme, delegado que investiga o caso. Ele relatou que visitas do pessoal de direitos humanos são sempre para verificar a situação do preso, nunca das vítimas. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.


Damares pretende garantir a segurança e o atendimento psicológico das denunciantes, que carregam o trauma para sempre.


São muito comuns, entre as vítimas, quadros depressivos que exigem acompanhamento permanente de profissionais de saúde.


Várias vítimas de João de Deus relataram tentativas de suicídio. Uma das denunciantes se matou esta semana, na Espanha.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação