06 de fevereiro de 2019
POR: Assessoria Educa Mais Brasil
Fonte: Assessoria Educa Mais Brasil
Em: 06/02/2019 às 16h19

Estudantes podem optar entre o Fies ou bolsas de estudo para iniciar um curso superior


Estudantes podem optar entre o Fies ou bolsas de estudo para iniciar um curso superior (Foto: Assessoria Educa Mais Brasil)

Estudantes podem optar entre o Fies ou bolsas de estudo para iniciar um curso superior (Foto: Assessoria Educa Mais Brasil)

Depois do Sisu e Prouni, chegou o período de inscrição do Fies 2019 e P-Fies para quem pretende financiar um curso superior em uma faculdade particular. Algumas regras de seleção mudaram, por isso os candidatos devem redobrar a atenção quanto aos critérios para participar. Outra oportunidade são as bolsas de estudo do Educa Mais Brasil que permanecem à disposição dos estudantes para se inscreverem.   


Para o financiamento as inscrições são entre os dias 07 e 14 de fevereiro na página do Fies. Podem participar quem realizou a prova do Enem a partir de 2010 e obteve uma pontuação mínima de 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos, além de não ter zerado a redação. São duas modalidades com requisitos diferentes para ingresso, confira:


Fies e P-Fies
O Novo Fies oferta vagas a juro zero para estudantes com renda mensal familiar de até três salários mínimos. Já o P-Fies funciona com recursos de Fundos Constitucionais, de Desenvolvimento e dos bancos privados participantes, e as taxas de juros variam de acordo com o banco. É voltado para participantes com renda mensal familiar de até cinco salários mínimos.


Bolsas de estudo Ensino Superior
Com as bolsas de estudo do Educa Mais Brasil é possível conseguir descontos de até 70% nas mensalidades, em diversas faculdades particulares em todo país. Depois de concluir a formação o estudante não terá dívidas futuras com o programa de inclusão educacional e nem com a instituição de ensino, desde que esteja adimplente com ambos.


São mais 400 mil oportunidades ofertadas para as pessoas que não têm condições de arcar com mensalidade integral do curso e não estão matriculadas em uma faculdade. O programa também aceita inscrições de candidatos que não participaram do Enem.


“O financiamento e as bolsas de estudo são portas de entrada para que as pessoas tenham a possibilidade de cursar o nível superior. Porém as bolsas do Educa Mais Brasil oferecem um diferencial que é não ter dívidas depois da formação, principalmente no momento em que o futuro profissional estará buscando se inserir no mercado de trabalho”, compara a diretora de expansão e relacionamento do Educa Mais Brasil, Andréia Torres.


Para conseguir uma bolsa de estudo, o candidato deve realizar a inscrição por meio do site www.educamaisbrasil.com.br, clicar na modalidade graduação e fazer filtros por cidade, pelo curso ou instituição, escolher entre as bolsas de estudo e fazer o cadastro informando os dados pessoais.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco