14 de Novembro de 2016
POR: ASN
Fonte: ASN
Em: 14/11/2016 às 10h07

Governo de Sergipe investirá R$ 2 milhões no ecoturismo de Itaporanga


Recursos serão investidos na construção de atracadouros no Povoado Caibrós e na Ilha Mém de Sá.


Itaporanga D?Ajuda ganhará um importante equipamento para o ecoturismo na região: a implantação de dois atracadouros no Povoado Caibrós e na Ilha Mém de Sá (Imagem: Marcelle Cristinne/ASN)

Itaporanga D?Ajuda ganhará um importante equipamento para o ecoturismo na região: a implantação de dois atracadouros no Povoado Caibrós e na Ilha Mém de Sá (Imagem: Marcelle Cristinne/ASN)


Projeto da obra na Ilha Mém de Sá (Imagem: Divulgação)

Projeto da obra na Ilha Mém de Sá (Imagem: Divulgação)

O município de Itaporanga D’Ajuda ganhará um importante equipamento para o ecoturismo na região: a implantação de dois atracadouros no Povoado Caibrós e na Ilha Mém de Sá.  Em fase inicial de licitação, a obra custará mais de R$2 milhões, oriundos do Programa de Desenvolvimento do Turismo ( Prodetur).


Geograficamente privilegiada, a área tem fácil acesso a Orla Pôr do Sol, em Aracaju, às praias do litoral sul, conta com vasta vegetação nativa e hospitalidade reconhecida dos ribeirinhos, fazendo deste destino um grande potencial turístico do estado no segmento do ecoturismo, que aliás, hoje, no país, representa 19% da motivação principal para se conhecer o Brasil, de acordo com dados do Ministério do Turismo. 


Um dos grandes preceitos do ecoturismo é a atividade turística de forma sustentável, ou seja, gerando renda para as populações, mas incentivando a conscientização e preservação ambiental e isso tem tudo a ver com as diretrizes do Prodetur, de acordo com seu coordenador operacional, Rafael Corona.  “O planejamento do programa não é apenas baseado em obras de infraestrutura, mas em capacitações, educação, principalmente na área da preservação ambiental e no ecoturismo para gerar renda para a população local, com o mínimo de impacto para o meio ambiente”, explica. 


No Povoado Caibrós a estrutura contará ainda com um amplo estacionamento para carros e ônibus (Imagem: Divulgação)

No Povoado Caibrós a estrutura contará ainda com um amplo estacionamento para carros e ônibus (Imagem: Divulgação)

Turismo de base comunitária


Na Ilha Mém de Sá, as 82 famílias que lá residem sobrevivem majoritariamente do turismo e da pesca.  De acordo com a presidente da associação de moradores Maria Elizabete Santos, desde a implantação do Projeto Aratu, que consiste no turismo de base comunitária, a procura pelo destino tem crescido, sobretudo dentre aqueles que buscam uma experiência única e de proximidade com a comunidade e a natureza.


“A gente vive do turismo de base comunitária, a gente recebe grupos de turistas e quem tem um quarto em casa, cede para esse fim. Tem algumas pousadas também. O fluxo de turismo cresceu, nos últimos dois anos com o projeto Aratu, os olhares cresceram para a nossa comunidade, isso por causa das nossas belezas naturais, a tranquilidade e a culinária.”, diz. 


A expectativa é de que com a construção dos atracadouros, haja ainda um maior fluxo turístico, já bastante ansiado pelos moradores do local, como Marcos Antônio dos Santos, que trabalha há quase 30 anos no segmento. Ele, que atua como pescador e barqueiro, investiu na construção de uma pousada com sete quartos. “Faço turismo aqui na região e na Croa do Goré. Tenho certeza que essa obra vai facilitar muito a vida da gente que mora na área e também trazer mais turistas. É o meu sonho”, comenta.


Ângela Maria dos Santos Nascimento é proprietária de um restaurante na área próxima aonde será construído o atracadouro da ilha e já planeja também a ampliação do seu estabelecimento. "Com essa melhoria que vai chegar aqui, eu também pretendo ampliar e melhorar meu serviço. Meu foco é valorizar tudo o que é da nossa terra”, fala.
 
“É algo que a gente vem desejando há muito tempo. Aqui é a porta de entrada do povoado então tem que estar bem estruturada. Acho que vai melhorar bastante o movimento e trazer um impacto para a comunidade, que também terá que se preparar para isso”, pondera a presidente da associação.


Na avaliação da atual prefeita de Itaporanga, Gracinha Garcez, a obra será de total importância para o município e impulsionará o turismo na localidade. "Vai trazer uma grande produtividade para o turismo, produtividade essa que o governo do estado através da Secretaria de Turismo  se empenhou para trazer para Itaporanga"


Obras


Com prazo de execução de 180 dias a partir da assinatura da ordem de serviço, o projeto consiste na construção de dois atracadouros – para uso turístico e de escoamento de produtos – e melhorias no entorno dos locais, a exemplo de calçamento e paisagismo, sendo que no Povoado Caibrós, a estrutura contará ainda com um amplo estacionamento para carros e ônibus.  As duas construções terão acessibilidade. 


Outros investimentos


O Programa de Desenvolvimento do Turismo proporciona que o Governo do Estado fortaleça a economia e o desenvolvimento social de Sergipe por meio do turismo e consolide a gestão setorial cooperativa e descentralizada, oportunizando um modelo de desenvolvimento turístico a partir do qual os investimentos respondam tanto às especificidades locais quanto a uma visão integral do turismo no Brasil. Para Sergipe, são destinados R$ 300 milhões para infraestrutura turística.


Em Itaporanga, o Prodetur  possui outros projetos na região que somam mais de R$ 4 milhões. São eles: elaboração do projeto executivo das obras de recuperação da contenção da Orla da Praia da Caueira; elaboração de Projetos básica e executiva para implantar um Sistema de Abastecimento de Água Integrado do Litoral Sul; curso de formação e capacitação de profissionais ligados à área do turismo nos municípios integrantes dos polos Costa dos Coqueirais e Velho Chico e cursos de aperfeiçoamento gerencial nos estabelecimentos formais e informais dos empreendimentos turísticos localizados nos polos Costa dos Coqueirais.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco