17 de Julho de 2017
POR: Da redação
Fonte: ClickSergipe
Em: 17/07/2017 às 14h56

Almeida Lima destaca os avanços da Saúde em cinco meses de gestão


Jackson e Belivaldo apoiam investimentos para a Saúde de Sergipe


Secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima durante entrevista na Mix FM  (Foto: Divulgação)

Secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima durante entrevista na Mix FM (Foto: Divulgação)

Na manhã desta segunda-feira, 17, o secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima, durante entrevista concedida ao programa Fala Sergipe, apresentado pelo jornalista Gilmar Carvalho, na Mix FM , falou sobre as ações implementadas à frente da pasta, no período de pouco mais de cinco meses. “Os resultados começam a aparecer e tenho certeza que irão se intensificar antes mesmo de completarmos oito meses de administração”, declarou.


SAMU
Dentre os avanços pontuados na entrevista, o secretário destacou a renovação da frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU 192 Sergipe), com as aquisições de 30 novas ambulâncias do tipo USA e USB, e 30 novas motolâncias com recursos do tesouro estadual, algumas dessas  motolâncias irão servir para implantação do serviço de entrega domiciliar de medicamentos, ofertados pelo Centro de Atenção à Saúde de Sergipe (Case), além da recuperação da frota antiga.  “Estamos inovando com a renovação de frota, a as ambulâncias antigas estamos fazendo a manutenção preventiva em uma oficina própria que já começou a trabalhar, mas devido à necessidade de licitação para compra de peças não está em sua plenitude”, disse ao acrescentar, “Em trinta dias estaremos com a estrutura e funcionalidade no SAMU Sergipe renovada”, afirmou.  


Conforme o secretário de Estado da Saúde, a melhoria dos serviços prestados pelo SAMU também será contemplado com contratação de mais profissionais a exemplo de médicos, assistentes de enfermagem, condutores de ambulância, paramédicos, dentre outros. “Isso será possível por conta de uma grande economia nos gastos que iremos fazer para ofertar uma melhor assistência à população”, completou.


Medicamentos
Questionado sobre a ausência de medicamentos no Case, Almeida Lima, explicou que houve momentos de falta generalizada, que foram equalizadas com uma série de medidas adotadas pela gestão, como aquisição de um software de gerenciamento do Almoxarifado, cuja finalidade é estabelecer a logística adequada para acompanhamento da aquisição de medicamentos e insumos. “Fechamos uma licitação de 20 milhões de medicamentos e insumos, precisamos ter um sistema de controle”, justificou o secretário.


Jackson Barreto e Belivaldo Chagas
Ele destacou que todas as decisões adotadas na Secretaria de Saúde são adotadas em conformidade com o governador Jackson Barreto e o vice, Belivaldo Chagas. “Todas as ações na Saúde levo ao conhecimento do governador e do vice. Eles acompanham tudo e me orientam sobre as medidas administrativas”, completou ao repetir, “O problema da saúde não é recurso, é gestão”, frisou.   


Tomógrafos
Sobre os tomógrafos do Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), Almeida Lima informou que já recebeu o primeiro, dos três novos aparelhos, da marca Siemens, adquiridos pela Secretaria de Estado da Saúde com um investimento de R$ 2,9 milhões  para melhorar a oferta dos serviços aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).  “A boa notícia é que  o novo tomógrafo, que passa por ajustes técnicos, após a finalização será instalado na oncologia”.


Ele lembrou que o HUSE tinha três tomógrafos, distribuídos nos serviços do pronto-socorro, pediatria e oncologia do hospital. “Na sexta-feira, um aparelho desse, que estava em manutenção voltou a funcionar e no último sábado, estive pessoalmente no HUSE, para verificar o retorno do serviço do aparelho. Queremos resgatar a dignidade da população assistida por esse serviço, dessa forma o paciente  que for ao HUSE vai poder fazer sua tomografia sem precisar utilizar o serviço auxiliar, prestado por outros hospitais e clínicas conveniadas a secretaria”, detalhou.
 
Em relação a distribuição dos aparelhos na rede de assistência à saúde, o secretário disse que os outros dois novos aparelhos, um será para pronto socorro do HUSE e ou outro para o Hospital Regional de Itabaiana. E os outros dois mais antigos serão instalados no Hospital Regional de Estância e outro, no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism).


Aluguel Mistão
Sobre a centralização dos serviços e unidades operacionais da secretaria de Estado da Saúde e da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), com a desocupação do prédio do Palácio Serigy, dez andares do Edifício Maria Feliciana, Central de Logística, garagem da Secretaria, Central de Regulação do SAMU, Almoxarifado Central (Alcen) para o prédio onde funcionou o Mistão, Almeida Lima informou que a mudança otimizará serviços com uma economia de R$ 90 mil mês.


Ele relatou que aguarda autorização do governador para instalação de um hospital infantil e um centro de especialidade médicas do estado, com oferta de consultas com médicos neurologistas, cardiologistas, dentre outros. O serviço poderá funcionar no prédio onde funciona o Alcen da Secretaria. “A partir de sessenta a oitenta dias poderá entrar em funcionamento nesse espaço que é uma unidade de saúde pronta”, finaliza.


Da redação - 17/07/2017 - 14:56

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco