05 de fevereiro de 2019
POR: SSP/SE
Fonte: SSP/SE
Em: 05/02/2019 às 11h08

Polícia Militar efetua prisão em flagrante após furto de TVs


Polícia Militar efetua prisão em flagrante após furto de TVs em Dores e Capela.
O detido atuava na companhia de uma mulher, que permanece foragida.


Polícia Militar efetua prisão em flagrante após furto de TVs (Foto: SSP/SE)

Polícia Militar efetua prisão em flagrante após furto de TVs (Foto: SSP/SE)


A Polícia Militar de Sergipe efetuou na segunda-feira, 4, na cidade de Capela, a prisão de Edivan Souza da Exaltação, 31 anos, por furtos a supermercados no interior do estado. Os delitos eram realizados com a ajuda de Giselma Santos da Silva Souza, que está foragida.


Edivan, que é residente no bairro Japãozinho, na capital sergipana, praticava pequenos furtos nas cidades de Capela e Nossa Senhora das Dores. Numa das ações investigadas, o casal foi até Nossa Senhora das Dores e furtou algumas bolsas, que ainda não foram identificadas se são de lojas ou de pessoas que estavam no local, e depois se dirigiram a um supermercado, onde conseguiram subtrair uma televisão de 32 polegadas.


Em seguida, a dupla foi para o município de Capela e, num supermercado da mesma rede, enquanto Edivan distraía os vendedores, a mulher subtraiu outro televisor 32 polegadas e saiu da loja, sendo o crime posteriormente percebido por uma das funcionárias do local, que acionou uma guarnição da Polícia Militar que realizava rondas na área.


“A Polícia Militar passava próximo e foi acionada pelos funcionários do supermercado, que saíram em diligência, encontrando o veículo na Praça do Amparo [Capela]. Edivan foi abordado e, no carro, encontradas as bolsas subtraídas e um televisor furtado em Nossa Senhora das Dores. O televisor furtado no estabelecimento de Capela foi abonado no interior de um banco, enquanto a mulher fugia”, afirmou o delegado Carlos Frederico.


O preso foi conduzido à delegacia local e Giselma ainda não foi localizada. Segundo informações policiais, as TVs foram devolvidas aos estabelecimentos comerciais e as bolsas furtadas ainda estão sendo identificadas, para que seja feita a devolução correta durante o inquérito policial.


A polícia pede à população que qualquer informação sobre a localização de Giselma seja repassada por meio do Disque Denúncia 181.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Apresentação