04 de fevereiro de 2019
POR: Bruno Cunha
Fonte: DPRJ
Em: 24/01/2019 às 12h00

Defensoria Pública do Estado Rio de Janeiro: Concurso para o quadro de apoio recebe inscrições até 6 de março


Inscrições no concurso para o quadro de apoio seguem abertas até às 16h do dia 6 de março (Imagem: Via DPRJ)

Inscrições no concurso para o quadro de apoio seguem abertas até às 16h do dia 6 de março (Imagem: Via DPRJ)

Estão abertas as inscrições do III Concurso Público para o quadro de apoio da Defensoria Pública do Estado Rio de Janeiro (DPRJ) e os interessados em uma das 27 vagas para cargos de nível médio e superior oferecidas no edital – e com formação de cadastro de reserva para todos eles – têm até às 16h do dia 6 de março para realizar o procedimento. Sob a organização da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e a supervisão da Comissão do Concurso da DPRJ, a seleção será regionalizada e com oportunidades em todo o Estado.


Para efetuar a inscrição, será necessário preencher o requerimento exibido na tela e enviá-lo de acordo com as respectivas instruções, indicando, entre outros pontos, o cargo, a região de lotação e o município de realização das provas. O boleto bancário para o pagamento da taxa de inscrição – de R$ 65 para nível médio e de R$ 85 para o nível superior – deverá ser impresso e pago em espécie, em qualquer agência bancária ou por meio eletrônico, até o dia 7 de março.


Das 27 vagas abertas no edital, 12 são para técnico médio da Defensoria (que exige do candidato o Nível Médio completo e tem vencimento básico de R$ 3.206,47) e outras 12 vagas são para técnico superior jurídico (cuja exigência é a formação em Direito e o vencimento básico é de R$ 3.949,47). Além disso, há três vagas para técnico superior especializado: uma vaga em Psicologia; uma em Estatística e outra em Tecnologia da Informação (nesse caso, os candidatos devem ter formação superior nas respectivas áreas e os aprovados também receberão vencimento base de 3.949,47). 


Para todos os cargos, além da remuneração, há previsão de auxílio transporte de R$ 352 mensais; e de auxílio alimentação de R$ 535; e, ainda, 5% das vagas serão destinadas às pessoas com deficiência; até 20% delas aos negros e índios; e 10% aos candidatos com hipossuficiência econômica.


Provas previstas para abril
Previstas para o dia 14 de abril, as provas serão compostas por questões objetivas e a aplicação delas será realizada no município do Rio de Janeiro e em Niterói, Duque de Caxias, Cabo Frio, Volta Redonda, Nova Friburgo, Petrópolis, Itaperuna, Macaé, Angra dos Reis e Valença. 


Os candidatos para o cargo de técnico médio da Defensoria serão submetidos a 70 questões de múltipla escolha e ao todo terão quatro horas (das 8h às 12h) para responde-las. Já os candidatos de nível superior terão quatro horas e meia (das 14h30 às 19h) para entregar a prova, que terá 90 questões para técnico superior jurídico e 80 para técnico superior especializado.


O concurso terá o prazo de validade de dois anos, contados a partir da data de homologação do resultado final, e pode ser prorrogado por igual período.


Clique aqui e confira o edital na íntegra.

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco