25 de junho de 2019
POR: Ferreira Filho
Fonte: Ferreira Filho
Em: 25/06/2019 às 07h49

Edvaldo pulando fogueira



Terça-feira, 25 de junho de 2019


Imagem ilustrativa: reprodução/pinterest

Imagem ilustrativa: reprodução/pinterest

Edvaldo pulando fogueira


O Forró Caju foi bem reduzido na quantidade de dias de festa, mas, não deixou de ser quente antes mesmo de começar.


Os deputados Rodrigo Valadares e Georgeo Passos caíram na folia atrás de uma empresa contratada pela PMA para fazer a segurança da festa, alegando que a mesma não tinha capacidade para tal.


O prefeito Edvaldo esclareceu através de Nota o ocorrido, e seguiu para o meio do salão, este ano, sem a zabumba, e sem ouvir seu nome anunciado pelos artistas e locutores. Pelo menos foi o que disse o próprio prefeito às vésperas da festa.


Superadas essas mudanças, era preciso recolocar o sorriso no rosto, receber seus ilustres convidados, e cumprimentar o povo, eleitores do ano que vem. Aí é que o "arrastapé" vê coisa capaz de formar um "caracol" no juízo de quem analisa política, depois de ver uma foto que circulou pelas redes sociais, onde o prefeito Edvaldo Nogueira aparece com o governador Belivaldo Chagas, Jackson Barreto, Rogério Carvalho, Eliane Aquino e Conceição Vieira.
 
Nada contra a foto. É que dias antes dessa pose, Silvio Santos, um dos líderes do PT, concedeu uma entrevista para o jornalista Josailto Lima, deixando bem claro que o Partido dos Trabalhadores não deverá apoiar Edvaldo, e que a vice-governadora Eliane Aquino deve ser o nome para enfrentar o atual prefeito.
 
Há quem duvide desse racha do PT com Edvaldo. Dizem até que é histórico esse ruído em ano véspera de eleição. Pelo menos, se depender dos que já se pronunciaram publicamente sobre o assunto, dessa vez é pra valer. Vamos aguardar, pois talvez seja "chuva" anunciada pelos marcadores das quadrilhas, que em seguida dizem que "é mentira".



Kitty no Huse
“O Huse não pode ficar mais como está, a gente entende que os municípios precisam fazer a sua parte, mas é preciso ter uma ação mais efetiva do Estado para dar um atendimento adequado à população”, disse a deputada estadual Kitty Lima (Cidadania), após visitar o Hospital de Urgência de Sergipe, o maior hospital público do Estado. Ela foi entrevistada no último dia 21, no Jornal da Fan  e demonstrou indignação, especialmente, com a superlotação vista na pediatria e acomodações das crianças nessa ala.



SEFAZ
Os auditores fiscais de Sergipe aprovaram por unanimidade paralisação de cinco dias consecutivos nos serviços da Secretaria da Fazenda de Sergipe (Sefaz). A greve faz parte da retomada da campanha de valorização da categoria e contra a defasagem salarial. A paralisação será a partir do dia primeiro ao dia cinco de julho. Nos dias nos dias 26 e 27 deste mês, a categoria vai realizar respectivamente ato com Café da Manhã na porta da Sefaz e nova assembleia.



Sergás
Dezen deve deixar a empresa em poucos dias. Segundo uma fonte bem avisada, o deputado federal Laércio Oliveira deve indicar o substituto, ainda dentro de sua fatia no governo. Ainda soube que depois da Sergás o parlamentar deve chegar na Agrese com mais um indicado seu.



Propriá
Uma enquete que soltamos ontem, 24, para sentir como anda a eleição do ano que vem em Propriá deu uma assanhada nos que vivem mais antenado na política. Até a publicação desta coluna, 228 pessoas já tinham manifestado seu voto. O resultado parcial é: Aelson Publicidade 87 votos (38,2%), Dr. Valberto 73 votos (32,%), Zé João 26 votos (11,4%), Iokanaan Santana 21 votos (9,2%), Renato Brandão 12 votos (5,3%), Zé Américo 6 votos (2,6%), Márcio Dória 3 votos (1,3%).



Porte de armas
O senador Alessandro Vieira (Cidadania) disse neste domingo (24), via twetter, que está elaborando um projeto de lei sobre a comercialização, o registro, a posse e o porte de armas de fogo. No texto que deve apresentar esta semana, o senador vai garantir a posse aos proprietários rurais, estendendo o direito de porte em toda propriedade. Em seu projeto, o senador  pretende reduzir prazos de registro de armas de fogo: “Temos que permitir a posse de armas com calibres adequados à defesa pessoal. Não há nenhum motivo para um cidadão comum ter um fuzil em casa ou andar com ele pelas ruas”.



Veto presidencial
O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira (24) que vai vetar o trecho da Lei Geral das Agências Reguladoras que trata da indicação de dirigentes das autarquias. A nova lei, aprovada em maio pelo Congresso Nacional, prevê a elaboração de lista tríplice para a escolha de novos conselheiros, diretores e presidentes.“A decisão, até o momento, para indicar os presidentes das agências é minha. A partir desse projeto, [passa a ser] uma lista tríplice feita por eles. Essa parte será vetada de hoje para amanhã”, afirmou.



Imagem ilustrativa: reprodução/pinterest
Contato: ferreirappa@gmail.com/Zap: 79 9 9987 2966
Mais Colunas

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco