30 de maio de 2019
POR: Ferreira Filho
Fonte: Ferreira Filho
Em: 30/05/2019 às 10h18

O reconhecimento que vem de longe



Quinta-feira, 30 de maio de 2019


André Moura (Foto de arquivo: Assessoria André Moura)

André Moura (Foto de arquivo: Assessoria André Moura)

Sergipe inteiro divulgou no dia de ontem a posse do seu ex-deputado federal André Moura como o novo secretário chefe do escritório de representação do governo do Rio de Janeiro em Brasília. 


A escolha do governador deve ter sido pelo trabalho de captação de recursos, e liberação de emendas que André fez enquanto líder do governo Temer, e por isso, alcançou um trânsito com conhecimento da tramitação dos projetos nos ministérios. Sergipe deve ter sido o espelho avaliado pelo chefe do executivo carioca para chegar na decisão que tomou.


Em verdade, André fez bom uso político da liderança que ocupou, se tornando um parlamentar com bastante influência no Congresso Nacional. Teria uma reeleição para deputado federal garantida, mas, escolheu a candidatura para o Senado, e o resultado todos já sabem.


Mesmo sem mandato, André vinha trabalhando dentro dos ministérios, e trazendo investimentos para os municípios, ainda frutos do seu mandato de deputado federal. Habilidade com a oportunidade que lhe surgiu. 


Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro, também é do PSC, mas, não deve ter sido esse o motivo para fazer o convite ao sergipano André Moura. A maior razão, creio eu, foi a desenvoltura do ex-parlamentar no seu trânsito junto aos órgãos federais. 


André será o homem da caça dos recursos para o desenvolvimento do estado do Rio de Janeiro, terra onde vive o presidente Jair Bolsonaro e família. Apenas um ingrediente a mais para facilitar suas investidas. Boa sorte, André Moura! Faço votos de sucesso no novo desafio!



BR 101
Os deputados estaduais por Sergipe, Luciano Bispo, presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Guimarães, Zezinho Sobral, Talysson de Valmir, Dilson de Agripino e o secretário chefe do executivo de Sergipe em Brasília, Dernival Neto, participaram nesta quarta-feira, 29, de uma reunião em Brasília com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.



BR 101 II
De acordo com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, a expectativa é de que se tenha um fôlego financeiro muito maior. “Isso para que a gente entregue mais quilômetros, finalizando o trecho de Propriá até Pedra Branca, que o crítico da BR-101/SE. O nosso compromisso com a bancada federal hoje foi de fazer 25 km este ano e aportar mais recursos para concluir ano que vem”, garante acrescentando ser preciso concentrar os recursos nos trechos que já estão em andamento, sendo fundamental inclusive para a segurança dos condutores.



PATRIOTA e Garibalde
Na manhã desta quarta-feira, 29, o deputado estadual garibalde Mendonça recebeu em seu gabinete na Assembleia Legislativa, o presidente estadual do PATRIOTA, Uezer Marques, que lhe fez o convite para ingressar na sigla, e assumir um espaço na diretoria executiva do partido em Sergipe. Uezer disse que o parlamentar ainda receberia um reforço do convite da vereadora Emília Correia, que não pode lhe acompanhar por conta de outros compromissos no mesmo horário.



Jornalismo de luto
A jornalista Yara Maria dos Santos, 38 anos, a Yara Marley, como ficou conhecida, foi encontrada morta na manhã desta quarta-feira (29), dentro de seu apartamento, localizado no condomínio Parque Diamante, no bairro Luzia, em Aracaju. As informações são de que a filha de Yara, uma criança de pouco mais de dois anos estava no apartamento com o corpo, que já estava em estado avançado de putrefação. A suspeita é que que Yara tenha sofrido uma crise epiléptica e se asfixiado.



Arrecadação federal em SE
Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Receita Federal, verificou que a arrecadação de tributos federais no estado, em abril, chegou a R$ 531,4 milhões.



Arrecadação federal em SE II
Em termos relativos, a soma arrecadada assinalou expansão de 18,9% em relação a março deste ano. Quando comparado com abril do ano passado, verificou-se alta de 12,2%. As variações são em termos reais, ou seja, consideram os efeitos da inflação no período, que são medidos pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA).



Arrecadação federal em SE III
No mês analisado, a Receita Previdenciária foi a principal fonte de arrecadação no estado, somando mais de R$ 267,8 milhões, compreendendo 50,4% do total recolhido aos cofres da União. Em seguida, o Imposto sobre a Renda (IR) figurou em segundo lugar, alcançando mais de R$ 142,2 milhões, abrangendo 26,8% do montante arrecadado.



Contato: ferreirappa@gmail.com/Zap: 79 9 9987 2966
Mais Colunas

Matérias em destaque

Click Sergipe - O mundo num só Click

Fale Conosco