Aracaju (SE),

HOME

Lateral 01
PONTOS TURÍSTICOS

Cânion do Xingó
Crôa do Goré
Ilha da Sogra
Lagoa Redonda
Mangue Seco
Parque dos Falcões
Praia de Caueira
Praia de Pirambu
Praia do Abaís
Praia do Saco
 
CADERNOS

Home
Agenda Cultural
Artigos
Automóveis
Baladas
Menu dos Esportes
Ciência
Clima/Tempo
Concursos
Conheça Sergipe
Cidade/Cotidiano
Cultura/Arte
Dólar
Educação
EsportesBR
EsportesSE
Estilo/Moda
Imagens de Sergipe
Indicadores
Informática
Jurídicas
Meio Ambiente
Mercado
Mundo
Mundo Artístico
Negócios
Pais
Polícia
PolíticaBR
PolíticaSE
Saúde
Tecnologia
Turismo
Últimas Notícias
Veículos
Vestibular
 
CLICK INFORMA

Cálculo Exato
Cotação do Dólar
Fuso Horário
Horóscopo
Lista Telefônica
Loterias
Olho no Dinheiro
Preço de Remédios
Resumo de Novelas
Sites + Procurados
Tirar Passaporte
Vôos Online
 
INTERATIVIDADE

Contato
Blogs e Sites
Envie Imagens
Fale Conosco
Links Úteis
Mídia de Sergipe
Opiniões e Cartas
Ver Comentários
Você Repórter
 
 

 


Céu de Aracaju - Última imagem captada.

Confira também -
Previsão do tempo para: Regiões do Brasil, Próximos 5 dias em Aracaju, Municípios de Sergipe.

Céu de Aracaju AO VIVO.

Click Aqui
e confira mais notícias referente ao clima


My Interno

Andamento do concurso para magistério em SERGIPE segue conforme planejamento

10/5/2012

Da publicação do edital de abertura até a divulgação dos resultados da prova objetiva e da redação, o concurso promovido para selecionar ao menos 1,7 mil professores para a Rede Estadual de Ensino segue exatamente conforme o que foi planejado pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag). Isso se deve ao empenho do poder público em promover um certame bem organizado e em consonância com a legislação vigente.

Sendo assim, o resultado não poderia ser outro: com um público de mais de 32 mil inscritos, sendo que apenas 1,3 mil faltaram, a aplicação das provas objetivas se deu com tranquilidade e, consequentemente, nas melhores condições para os candidatos. “Tudo ocorreu conforme o planejado: não houve atrasos, os candidatos que solicitaram aplicação especial, como prova ampliada, leitor ou mesmo adaptação por causa de deficiência motora foram todos atendidos. Além disso, foram raros e até abaixo do esperado casos como impossibilidade de entrada devido a atraso ou falta da documentação exigida. Foi uma aplicação de prova tranquila”, analisa o secretário Oliveira Júnior.

Mas os trabalhos na promoção do concurso não encerrou: após a aplicação, houve a correção das provas objetivas e divulgação no dia 23 de abril, além de que, para que fossem corrigidas com a devida atenção e cuidado, o tempo de análise das 9 mil redações foi expandido. Assim, as notas dos textos saíram dia 7 de maio. No dia 18 de maio, haverá a divulgação da resposta aos pedidos de revisão das notas de redação, das notas finais da redação, a convocação para entrega dos títulos, exceto para o cargo professor de Educação Básica que atuarão na Educação Especial e a convocação para prova prática para o cargo professor de Educação Básica para atuar na Educação Especial. E o resultado final do concurso será divulgado dia 20 de junho.

Distribuição das vagas

Com base nas necessidades de distribuições apontadas pela Seed e Sintese, o edital aponta que, para o ensino fundamental do 6º ao 9º ano e médio, serão selecionados profissionais para lecionarem em 13 disciplinas: Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Espanhola, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Química e Sociologia.

Para o ensino fundamental do 1º ao 5º ano, poderão exercer o cargo os profissionais formados em Pedagogia ou Normal Superior. Por fim, há as vagas para a educação especial, em que podem exercer diplomados em Pedagogia ou Escola Normal, com fluência em Libras, Licenciatura em Letras-Libras ou Libras-Português, e ainda em Letras - Língua Portuguesa ou Licenciatura Plena Bilíngue com fluência em Libras.

Além da classificação dos 1700 professores por disciplinas e nível escolar, eles também serão distribuídos por todos os 75 municípios do Estado de Sergipe. Ou seja, tanto na Diretoria de Educação de Aracaju (DEA) e em todas as nove Diretorias Regionais de Educação (DRE) do interior. Sendo assim, os candidatos devem ficar atentos porque a convocação a três listas: a específica por grupo de município, a específica por DRE e a lista geral.

Contratação cumpre legislação

A Seplag obedeceu a todos os princípios norteadores da administração pública para contratar a fundação responsável pelo concurso para seleção de professores da Rede Estadual de Ensino, e todos os itens do edital estão amparados na legislação vigente. A afirmativa enfática foi repetida pelo secretário Oliveira Júnior, que assegurou que a contratação direta de organizadora para concursos públicos está amparada no artigo 25 da Lei de Licitações e Contratos Públicos (de número 8.666/93).

“Esta forma de contratação não pressupõe inobservância dos princípios administrativos, ao contrário. Na prática, a própria legislação requer um procedimento que antecede a contratação, no qual deve ficar demonstrado o tratamento igualitário a todos os possíveis interessados e justificar a idoneidade da empresa escolhida. Ou seja, cumprimos todos os princípios legais”, revela o secretário.

E é a mesma motivação legal seguida por diversas instituições do serviço público em todo o país, que contratam da mesma para realização de certames com objetivo de provimento de vagas. Em 2009, o Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe contratou diretamente (ou seja, sem licitação) a Fundação Carlos Chagas para o serviço de organização de concurso público para provimento de cargos de analista e técnico para o Poder Judiciário do Estado de Sergipe. Já em 2010, o próprio Ministério Público do Estado de Sergipe contratou diretamente a Fundação Carlos Chagas para a aplicação de concurso. Da mesma forma, o Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, a Prefeitura Municipal de Aracaju e todas as instituições que, em Sergipe, realizaram concurso público.

No parecer técnico de número 6977/2011 da PGE, assinado pela procuradora do Estado, Maria Edilene Conrado, de autorização do contrato direto para o concurso do Magistério, a própria PGE explica que em casos como a licitação mostra-se inconveniente aos objetivos da Administração Pública. “Assim, pensando-se na equação custo-benefício, a realização de processo licitatório traria maiores custos à Administração Pública do que benefícios”, cita o parecer técnico PGE.









comentar  -  imprimir  -  enviar a um amigo - voltar

Cadastre seu email e receba notícias do ClickSergipe

Nome:
E-mail:


Comentários

Mais Notícias:

23/10/2014 - Tribunal de Contas do Estado de Sergipe determina suspensão de concurso da Fundação Hospitalar de Saúde

22/10/2014 - Concurso da Polícia Civil em Sergipe inscreve até a próxima quarta-feira, 29 de outubro

17/10/2014 - Últimos dias para processo seletivo da Petrobras

16/10/2014 - Ministério da Saúde abre inscrições de concurso com 743 vagas

12/10/2014 - 18 órgãos abrem inscrições para 1.861 vagas na segunda, 13

Lateral 02






Márcio França

 




 


Untitled Document

O MUNDO NUM SÓ CLICK

CADERNOS
CLICK SERGIPE INFORMA
INTERATIVIDADE
PONTOS TURISTICOS

HOME