PMA
Aracaju (SE),

HOME
Lateral 01
PONTOS TURÍSTICOS

Cânion do Xingó
Crôa do Goré
Ilha da Sogra
Lagoa Redonda
Mangue Seco
Parque dos Falcões
Praia de Caueira
Praia de Pirambu
Praia do Abaís
Praia do Saco
 
CADERNOS

Home
Agenda Cultural
Artigos
Automóveis
Baladas
Menu dos Esportes
Ciência
Clima/Tempo
Concursos
Conheça Sergipe
Cidade/Cotidiano
Cultura/Arte
Dólar
Educação
EsportesBR
EsportesSE
Estilo/Moda
Imagens de Sergipe
Indicadores
Informática
Jurídicas
Meio Ambiente
Mercado
Mundo
Mundo Artístico
Negócios
Pais
Polícia
PolíticaBR
PolíticaSE
Saúde
Tecnologia
Turismo
Últimas Notícias
Veículos
Vestibular
 
CLICK INFORMA

Cálculo Exato
Cotação do Dólar
Fuso Horário
Horóscopo
Lista Telefônica
Loterias
Olho no Dinheiro
Preço de Remédios
Resumo de Novelas
Sites + Procurados
Tirar Passaporte
Vôos Online
 
INTERATIVIDADE

Contato
Blogs e Sites
Envie Imagens
Fale Conosco
Links Úteis
Mídia de Sergipe
Opiniões e Cartas
Ver Comentários
Você Repórter
 

 



My Interno

Aracaju - Estudante é atropelado e arrastado em saída de show, em frente a saída do Eva Vip

7/1/2013

Wendell Mangabeira sofreu traumas na bacia e corte profundo

Uma confusão na saída de um show resultou em um atropelamento na noite do último domingo, 6. O estudante Wendell Mangabeira, 19, atravessava a rua em companhia de outros colegas quando foi surpreendido por um motorista na contramão. Ao tentar alerta-lo contra a infração, Wendell teria sido atropelado e jogado na rua, sendo arrastado por uma extensão de aproximadamente 15m. O fato aconteceu por 10h, em frente a saída do Eva Vip, na rua Francisco Rabelo Leite Neto.

Na tarde desta segunda-feira, 8, Wendell Mangabeira passou por uma cirurgia na região da bacia, para colocação de um pino do lado esquerdo. De acordo com o pai da vítima, Vanderley Mangabeira, Wendell teria sofrido traumas em dois pontos da bacia, um corte profundo na cabeça e diversas escoriações ao longo das costas, braços e pernas. A vítima se encontra atualmente no Hospital São Lucas, onde se recupera do procedimento.

Vanderley descreve o caso conforme o relato de seu filho. “Depois que Wendell chegou ao hospital e foi medicado, ele me contou que estava atravessando a rua para pegar um táxi quando viu que no estacionamento estava acontecendo uma discussão. O rapaz que estava no carro, um Sportage preto, envolvido na discussão, pegou a contramão e veio em direção a Wendell e os amigos. Wendell tentou alertar, e perguntou se ele iria passar por cima. Foi aí que o rapaz do carro começou a xingar e a acelerar o carro”, diz.

O pai da vítima prossegue com a versão do caso. “Quando ele começou a acelerar, Wendell deu um tapa no capô do carro. Foi então que ele veio em toda a velocidade e colocou o carrio por cima do meu filho e dos amigos. Os amigos pularam e conseguiram se defender, mas Wendell foi jogado e arrastado. O rapaz do carro fugiu sem prestar socorro”, afirma.

Ainda de acordo com Vanderley, pessoas que viram a cena prestaram socorro a Wendell, e se dirigiram ao estacionamento para tentar levantar dados sobre o autor do atropelamento. O motorista do veículo Sportage foi identificado como Ricardo Oliveira. “O advogado da família de Ricardo se apresentou hoje [7] à tarde, mas o que eu tenho para resolver com esse rapaz é na justiça. Inclusive temos muitas testemunhas dispostas a prestar depoimento e reforçar a nossa versão”, declara.

Inquérito
De acordo com Walter Neto, advogado de Ricardo Oliveira, a versão de Wendell e sua família distoam do que realmente aconteceu na saída do show.“Ricardo estava saindo de um restaurante com a namorada e a mãe, e foi deixá-las no estacionamento. Ele passou com o carro próximo de onde Wendell e os amigos estavam, e acabou encostando o carro neles. Ao perceber, Ricardo voltou e pediu desculpas, mas Wendell se exaltou e começou a xingar, dando um forte tapa no capô do carro”, descreve.

O advogado continua o relato. “Nesse momento três amigos se aproximaram do carro, cada um de um lado, e Wendell ficou na frente fechando a passagem. Com medo, Ricardo acelerou e foi em frente, passando por cima de Wendell. Em momento algum, no entanto, o pneu do carro passou por cima dele. Foi legítima defesa”, contrapõe o advogado.

Ainda segundo Walter, a família de Ricardo se colocou a disposição de Wendell para pagar quaisquer eventuais despesas médicas. Na manhã desta segunda-feira, Ricardo teria ido até a delegacia do Turista, no bairro Coroa do Meio, para prestar depoimento.

Segundo a delegada Daniela Ramos Lima Barreto, da Delegacia de Delitos de Trânsito, a investigação sobre o caso deverá ser iniciada nos próximos dias. “O pai da vítima relatou o caso e registrou a ocorrência na manhã de hoje. Vamos abrir um inquérito para apurar o caso”, diz.

07/01/2013 - 19:27
Portal Infonet

 

Estudante tem corpo arrastado por carro em briga de trânsito

Episódio aconteceu na noite de ontem (6), após uma festa no bairro Atalaia.

Amigos do universitário Wendell Mangabeira compartilham na rede social Facebook a notícia de que o rapaz de 19 anos foi vítima de tentativa de homicídio na noite de ontem (6), na Rua Niceu Dantas, bairro Atalaia. Segundo testemunhas, Wendell transitava com os colegas após um show que teve na área, quando foi surpreendido por uma camionete modelo Sportage, na contramão.

O garoto teria repreendido o condutor, que não gostou da reprovação e iniciou uma discussão com o rapaz. No momento da confusão, Wendell teria esmurrado o veículo, o que deixou o empresário bastante enfurecido. O motorista então teria ameaçado atropelar Wendell e os demais se não saíssem da rua. Quando a situação já parecia controlada, o grupo foi surpreendido pelo carro subindo a calçada onde estava, arrastando Wendell por cerca de cinco metros.

Segundo a família, a vítima está internada em um hospital particular da capital, com fraturas na bacia e escoriações por todo o corpo. De acordo com Wanderley de Souza Mangabeira, pai de Wendell, o rapaz não terá condições de cursar este período da faculdade.

Uma médica que estava em um restaurante da região viu a cena e prestou os primeiros socorros. O caso será investigado pela Delegacia de Delitos de Trânsito, da polícia civil.

07/01/2013 às 17h25
Por: JornaldaCidade.Net

 

Empresário diz que atropelou estudante em legítima defesa

Na noite de ontem (6), Wendell Mangabeira, de 19 anos, foi atingido e arrastado por um carro, na Rua Niceu Dantas, bairro Atalaia.

O advogado do empresário Ricardo Oliveira (Walter Gomes Marques Neto), apontado como autor do atropelamento ao estudante Wendell Mangabeira, de 19 anos, apresenta outra versão para o incidente ocorrido na noite desse domingo (6).

Segundo ele, o seu cliente agiu em legítima defesa, pois, “ele teve o carro cercado por quatro homens que queriam agredi-lo”, disse Walter Gomes. A família do estudante declara que o rapaz foi submetido a uma cirurgia, porque teve o fêmur fraturado em duas partes, após ter sido arrastado pelo carro do empresário.

Os dois se desentenderam ontem à noite, na Rua Niceu Dantas, Atalaia, próximo ao espaço onde aconteceu um show. Segundo Wanderley Mangabeira, pai de Wendell, o seu filho foi quase atropelado por Ricardo, na saída de um restaurante. Ao ser repreendido pelo garoto, o motorista teria se irritado e ameaçado atropelar o grupo de Wendell se não andasse na calçada. “No meio da discussão eles trocaram xingamentos e meu filho deu um tapa na carroceria do carro. Depois foi embora na companhia de uma amiga, e não viu quando a camionete avançou, atingindo-o e arrastando-o por quase cinco metros”, detalhou Mangabeira.

Wendell se matricularia nesta terça-feira (8) no curso de Engenharia Elétrica, em uma universidade particular da capital. “Mas os médicos deram três meses de total repouso. Não sei se será possível ele estudar”, declarou o pai. “Quero justiça!”, pediu.

Versão do empresário
O advogado Walter Gomes conta que o seu cliente saiu do restaurante na noite de ontem, quando se deparou com o grupo de Wendell. Eles teriam se estranhado e iniciado uma discussão. “Logo meu cliente estava rodeado por quatro homens que o agrediu. Então ele entrou no carro, fechou os vidros, viu-se cercado, e, para fugir da ameaça, acelerou. Foi tudo em legítima defesa”, argumentou.

No final da tarde de hoje a família de Wendell recebeu o advogado do suspeito no hospital em que a vítima está internada, para ter a notícia de que o empresário se coloca à disposição de tudo que eles precisarem. Ricardo Oliveira é dono de uma rede de lojas de móveis e prestou Boletim de Ocorrência na manhã de hoje, na Delegacia de Turismo – responsável pela região da Atalaia – sobre o conflito de ontem à noite.

A família da vítima promete acionar o suspeito na Justiça. “Não vou deixar barato. Me disseram que dentro do restaurante ele já tinha se desentendido com mais alguém e estava ingerindo bebida alcoólica”, garantiu Wanderley Mangabeira.

07/01/2013 às 19h21
Por: Wilma Anjos
JornaldaCidade.Net









comentar  -  imprimir  -  enviar a um amigo - voltar

Cadastre seu email e receba notícias do ClickSergipe

Nome:
E-mail:


Comentários

Mais Notícias:

23/4/2014 - Governo do estado inicia pagamento dos servidores na próxima segunda, 28

23/4/2014 - Família de garoto atropelado no bairro Coroa do Meio luta por auxílio

23/4/2014 - Sergipe passa a integrar sistema nacional de segurança da Copa do Mundo 2014

23/4/2014 - Acidente na avenida Oswaldo Aranha termina com morte

23/4/2014 - Renilson Félix, do DEM, agora será independente de João Alves

Lateral 02
















   Vende-se Sítio
Em N. Sra. das Dores
 



Márcio França

 

 


Untitled Document

O MUNDO NUM SÓ CLICK

CADERNOS
CLICK SERGIPE INFORMA
INTERATIVIDADE
PONTOS TURISTICOS

HOME